Post fixo

Crônicas Pedagógicas: Eu posso pegar a bola?

Handebol é um esporte quase sempre estereotipado por um modelo pré-concebido: “Um jogo de bola em que a defesa se organiza numa barreira em volta da área que só o goleiro pode pisar, no qual devemos arremessar por cima da barreira para marcar gol”. Às vezes acho que isso é um pouco culpa da desinformação, afinal, é bem difícil assistirmos jogos de handebol, pelo menos, … Continuar lendo Crônicas Pedagógicas: Eu posso pegar a bola?

Crônicas Pedagógicas: “Eu te proíbo!” (Uma poesia pela liberdade)

A poesia abaixo escrevi em homenagem à liberdade, direito universal! Não podemos permitir que isso se esvaia pelas nossas mãos. Em minhas andanças Nos ginásios por aí Mesmo de longe Chega aos meus ouvidos: “Eu te proíbo…” Porque treinadores De crianças e jovens Pensam poder Simplesmente falar, “Eu te proíbo”? Impedir que um atleta Com um amigo converse Por causa do uniforme Diferente que ele … Continuar lendo Crônicas Pedagógicas: “Eu te proíbo!” (Uma poesia pela liberdade)

Você está Dispensado!

Crônicas Pedagógicas: Você está dispensado!

Como somos incoerentes em alguns momentos! Recentemente, reencontrei alguns ex-atletas de um antigo projeto esportivo em que trabalhei como treinador de handebol e coordenador. Conversas sempre prazerosas e saudosas. Sempre que me despeço destes, agora, jovens adultos, tenho a sensação de dever cumprido. Apesar de tantas boas lembranças, em meu último encontro com um destes jovens, uma pergunta perturbadora veio à tona: – Prof. Duda, … Continuar lendo Crônicas Pedagógicas: Você está dispensado!

Crônicas Pedagógicas: O milagre que vem de fora

Mais uma crônica de Duda Bernardi.

“O Diretor reuniu todos que iam jogar, eu e o Biel ficamos de fora da roda, e apresentou os dois caras para o time. Disse que eles viriam reforçar a equipe, porque o clube tinha um nome a zelar e era mais do que necessário sermos campeões desta etapa para deixarmos uma boa imagem. Tínhamos que ter resultados iguais ao do time adulto que sempre vencia o estadual”. Continuar lendo Crônicas Pedagógicas: O milagre que vem de fora

Crônicas Pedagógicas: A caridade que segrega…

Vocês conhecem a Joana e Mariana? Não? Então vamos às apresentações! Joana é uma garota de 15 anos de idade, de classe média alta, vive na região central de uma grande metrópole e estuda num dos melhores colégios preparatório desta cidade. Mariana, também de 15 anos, vive na mesma metrópole, porém na região noroeste, local de IDH baixo e de grande vulnerabilidade social. Ela estuda … Continuar lendo Crônicas Pedagógicas: A caridade que segrega…