Construção das regras do Handebol junto com os alunos – estimulando a divulgação da modalidade

Na iniciação ao handebol, nós professores temos uma possibilidade mágica em nossas mãos – a possibilidade de apresentar uma “nova” modalidade aos nossos alunos.

Digo “nova”, pois na escola a apresentação ao handebol sempre é feita – existem pesquisas feitas há alguns anos que mostram ser o handebol uma das modalidades mais praticadas entre os alunos das escolas, no entanto, não devemos ficar felizes com isso.

Apesar de uma prática bastante motivada nas escolas, o handebol continua sendo pouco acessível aos nossos alunos – quantos jogos passam na TV por ano? Quantas vezes já vimos crianças brincando de handebol em praças, ruas, parques? Será mesmo que a escola está fazendo o seu papel de divulgadora do handebol enquanto conteúdo cultural?

Muitas vezes, essa “apresentação” acaba sendo feita de tal forma, que nossos alunos acabam não conseguindo oportunizar a transferência da aprendizagem na escola (ou mesmo clubes) para seu dia a dia, seu cotidiano, tornando o acesso ao handebol obtido apenas no espaço formal das aulas – uma quadra, duas traves, duas equipes, uma bola “penalty “, “a barreira defensiva”, etc..Ora, será que o handebol vem sendo bem apresentado aos nossos alunos?

Pensemos o futebol: por que será que mesmo sem traves, sem coletes, sem uma quadra e até mesmo sem uma bola, as crianças acabam conseguindo interagir com uma forma jogada de futebol nas ruas, praças e às vezes em sua própria casa?

Simples: o contato com o futebol é feito de diversas formas, e não apenas através do jogo formalizado 11 x 11 ou 5 x 5 (no caso do futsal). As crianças aprendem a jogar o “futebol” de várias formas independente da quantidade de pessoas, da estrutura do espaço, do implemento que utilizam.

E por que o handebol não se desenvolve dessa forma? Quando crianças e jovens têm contato com o handebol o fazem através da forma jogada da modalidade com suas características oficiais e formais ou através de atividades pouco motivantes, centradas na técnica do jogo e sem a devida compreensão do que estão fazendo.

Apresentar única e exclusivamente as regras de uma modalidade para alguém que inicia sua prática não é propriamente pedagogia, apesar de fazer parte do processo.

“Ensinar” a partir de frases como: “você só pode dar 3 passos com a bola”, “você não pode entrar na área do goleiro”, “quando for lateral, tem que pisar na linha”, “tem que armar a barreira na defesa”; não caracterizam ensino, mas apenas condicionamento às regras e ações que “caem de pára-quedas” nas atividades de quem ainda não teve tempo de explorar esse jogo de bolas nas mãos.

Então questiono: alguém sabe por que foi “inventado” o ritmo trifásico e o duplo ritmo trifásico? Alguém sabe quem teve a idéia “maluca” de que vale gol de lateral? Alguém entende por que não podemos entrar na área do goleiro? E mais, porque não podemos quicar a bola de handebol igual à de basquete?

Apesar de parecer bobeira, muitos de nós não sabemos essas respostas, ou sequer pensamos sobre essas perguntas. Isso se chama estar condicionado às regras do jogo e significa que não há compreensão delas, apenas seu aceite.

Será que nossos alunos vão conseguir “decorar” um jogo tão cheio de regras para poder jogá-lo com seus amigos do bairro? Realizando nova analogia ao futebol, para jogá-lo, saber que a bola deve ser chutada e não pode ser agarrada já indica um ótimo começo capaz de fazer um esporte – que antes de tudo é um jogo de bolas com os pés – possa se multiplicar, crescer e evoluir, através dessa simples regra. As outras vão sendo criadas pelos próprios jogadores desse jogo, sem a rigidez das regras formais.

Para isso, na iniciação ao handebol, cabe a nós professores possibilitar aos nossos alunos compreender alguns porquês quase autoritários que a modalidade lhes impõe. E isso não se faz falando “tem que pisar na linha, senão é reversão” ou então “pisou na área do goleiro, não pode!”.

Mas você não sabe por que dessas regras? Eu também não! Mas podemos usar a criatividade e criar explicações que tornarão a compreensão da modalidade mais fácil por parte de nossos alunos.

Como exemplo, pensemos a seguinte regra – “só podemos dar três passos com a bola nas mãos para nos deslocar na quadra” .

Para explicar essa regra aos nossos alunos, podemos inicialmente criar um jogo bastante anárquico, livre de muitas regras e constrangimentos, com um número reduzido de jogadores e uma área ampla de jogo, como por exemplo, um jogo no qual, para fazer ponto, uma equipe deve levar a bola para dentro de uma determinada área da quadra adversária e no qual a jogada pára se o jogador com bola for tocado nos braços, não valendo receber a bola dentro dessa área.

Inicialmente, a idéia do jogador em posse de bola será sair correndo com a bola, sozinho, sem passá-la pra ninguém, motivado pelo reduzido número de jogadores e espaço amplo da atividade (que não necessariamente deve ser ministrado numa quadra, mas em qualquer espaço).

Como resultado, um aluno mais rápido conseguirá realizar alguns pontos, através da corrida individual com a bola e se tornará o grande responsável por marcar pontos para sua equipe.

Após alguns minutos jogando, pare a atividade e questione aos alunos se a atividade está legal, se todos estão participando ou se apenas um aluno está sendo mais utilizado na atividade.

Pergunte se é correto apenas um jogador jogar sozinho, não oportunizando chances para os outros e em conjunto com seus alunos crie regras que inibam o deslocamento de um jogador sozinho por todo o campo, crie a partir daí a idéia de reduzir o número de passadas do jogador para três, por exemplo – poderia ser mais ou menos, o que vale aqui é seus alunos perceberem que reduzindo o número de passadas dos jogadores, o jogo ficará mais dinâmico e necessitará da participação de todos.

Pronto! Através de uma atitude criativa, criou-se um jogo de bolas nas mãos, no qual os próprios alunos solucionaram um problema relativo à coletividade do jogo e maiores chances de participação de todos. Ensinou-se um porquê não oficial – realmente não sei exatamente o porquê do trifásico no handebol.

Garanto também, que se essa atividade significar grande prazer para seus alunos, eles acabarão jogando-a também fora do ambiente formal da aula. Nada melhor para divulgar o handebol!

Ora mas isso não é handebol!

É, mas a pelada de futebol, com golzinhos de chinelo, jogada no paralelepípedo é futebol?

Criatividade na abordagem educacional é muito importante para o crescimento do Handebol como modalidade!

Anúncios

104 comentários sobre “Construção das regras do Handebol junto com os alunos – estimulando a divulgação da modalidade

  1. Cara Luana,

    Este é um texto que explica como a construção das regras do jogo devem ser feitas em conjunto e não sob uma perspectiva de imposição das regras, fazendo comq ue alunos joguem sem saber os porquês.

    Para ajudá-la, digo que as “passadas” por você chamada chama-se “ritmo trifásico”, ou seja, caminhar num rítmo determinado dando no máximo três passos, essa é a chamada PASSADA que você menciona.

    Essa regra, pode, por exemplo ser conversada e ensinada aos alunos fazendo uma analogia com o fato deles somente poderem ficar 3 segundos parados com a bola nas mãos, o trifásico seria o mesmo, pois demoraria aproximadamente 3 segundo para dar 3 passos com a bola.

    Espero ter podido ajudar e aguardo novos comentários no site!

  2. Olá Binho, se pensarmos cada estilo de passe, eles podem ter nomenclaturas infinitas… uma vez que existe a liberdade do jogador realizar o gesto de diferentes formas diferentes.
    Didaticamente, os tipos de passe são nomeados: Passe de Ombro – a bola saindo a cima da linha do obro; Passe pronado – realizado através da pronação da mão e geralmente é feito por baixo; Passe quicado – quicando a bola; Passe por trás – realizado por trás do corpo, quando ocorre um cruzamento, por exemplo, e etc..
    Como eu disse, saber os nomes dos passes acaba sendo irrelevante.
    Geralmente tendemos a buscar os nomes para ensinarmos essa ou aquela determinada foramd e passe.
    Porém, tolher a criatividade de uma aluno direcionando o ensino do passe sem que ele tenha a necessidade real de realizá-lo é bastante questionável.
    Mais do que saber as várias formas de passar e ensiná-las de forma fragmentada, temos que criar situações em que os diferentes tipos passes e os passes que serão inventados pelos nossos alunos sejam realizados.
    Para isso, temos inúmero jogos, que com regras adaptadas podem sugerir o aprendizado de passes das mais deferentes naturezas.
    Jogos onde determinadas regiões pode se usar os pés para roubar a bola inibem a utilização de passes quicados, regras que possibilitem roubar a bola apenas acima da cintura, estimula o passe alto.
    Jogos onde somente vale se passar pra trás, estimula as ultrapassagens e passes pelas costas.
    Basta usar a criatividade.
    Abraços,

  3. oi
    tenho um trabalho a fazer e gostaria de saber ,
    sobre o duplo ritmo trifasico,formação de defesa e ataque e sobre fintas
    vc poderia me responder os objetivos destes?
    muito obrigado!!!

  4. Calma meu amigo!

    Os três passes clássicos do handebol se caracterizam pelo passe de ombro, passe quicado e passe pronado.
    Destaco apenas que esses tipos de passe são caracterizados dentro de uma perspectiva tecnicista, numa perspctiva integrada, o passe pode ser consecibo e construído dentro das necessdades que o jogador percebe no momento em que joga, havendo adaptações individuais.

    Abraços,

  5. Olá!
    Eu queria saber uma maneira de ensinar handebol para crianças de 7 e 8 anos. Em formas de brincadeiras em que as regras estejam implicitas.
    você saberia me ajudar?
    abraços

  6. Olá Juh, tudo bem?

    Responderei você usando como base uma resposta que dei a outro professor:

    A Saída numa aula de educação física, especificamente para crianças tão novas é utilizar jogos populares que tenham em sua essencia a utilização de manipulação da bola e a lógica dos jogos coletivos, sem especificar exatamente uma modalidade em si.

    Nessa idade eles ainda são bastante novos para compreender as regras oficiais (principalmente as crianças de 7 anos, pode ser que a partir dos 8 algumas já compreendam com mais clareza as regras), dessa forma, os jogos deverão ser simples, com objetivos claros e únicos.

    Destaco jogos como o Pega-pega Gavião (ou pega rabo) descrito em uma das propostas de jogos pedagógicos, além de jogos como pequenas queimadas, jogos de alvo à distância, bobinhos (ou jogo do esperto, como destaca Jorge Knijnik em seus artigos), Mamãe-da-rua em duplas, trios e etc.., onde as dupla, trios e etc.. são os responsáveis pela rua e devem tocar a bola nos pedestres que ai passam.

    Vale destacar ainda, a utilização de jogos sem a utilização de bola, mas que trabalhem a lógica do jogo coletivo, tais como Pique-Bandeiras, jogos de pega-pega com ajuda, pega corrente, pega-pega americano e etc..

    Deve-se ficar claro que não faz parte desse momento a aprendizagem do handebol em si, mas sim de jogos gerais, que trabalhem a idéia de que mais de uma pessoa está envolvida nas atividades e a dependencia que um jogador terá com os outros de seu grupo.

    Quaquer dúvida, escreva para meu e-mail: lucas@pedagogiadohandebol.com.br

    Abraços,

  7. eu nbao sei pq eu estou escrevendo eu so sei que eu quero ficar com o meu nome ai no seu sait !!!

    SUAHSUAHSUAHSUAHUSHAUSHUAHSUAHSUHAUSH

    BESTA É QUEM ELU
    UHSUHAUHAUHSUAHS
    BEIJOS

  8. fala gente boa, tranquilo velho? gostaria de saber como poderia apresentar o handebol para alunos de 11 a 14 anos??? estou em um projeto escolar e preciso agir de acordo com a pedagogia…. me mande a resposta valeu fui ..

  9. que tipos de brincadeiras dar a crianças e adolescentes, poderia me dar uma ideia especificando ?? té mais bacana me mande resposta…

  10. tenho uma pergunta; se um jogador arremessa a bola e pega no goleiro e quica sobre a linha do gol e a metade da bola ultrapassa a linha e depois o goleiro puxa a bola e o arbitro nao da o gol , o gol e valido???????????

  11. Fernando,

    Sua pergunta é bastante abrangente. Isso depende da experiência do grupo com a modalidade, pois os jogos podem adiquirir diversas formas de aplicação.

    Existe uma aba na parte superior do site que trata somente de “Jogos Pedagógicos”, dê uma olhada e veja exemplos de atividades.

    Abraços,

  12. Ola Rogério,

    Não, em todos os esportes que tem o gol, é necessário que a bola atravesse a linha por inteiro.

    Outra coisa, o árbitro é a autoridade do jogo, em casos de duvida prevalece o que o arbitro deu, mesmo que um lance não seja de gol e ele validá-lo, prevalece a decisão dele.

    Abraços,

  13. boa noite! me chamo haylana, eu gostaria de saber as penalidades do handebol.
    muito obrigado boa noite beijao haylana eu tenho 13 anos

  14. Olá nathalia, tudo bem?

    Rítimo trifásico são as famosas três passadas no handebol. Essas três passadas podem ser feitas com qualquer combinação, por exemplo:

    1. Esquerda, direita, esquerda;
    2. Direita, esquerda, direita;
    3. Direita, direita, esquerda;
    4. Equerda, esquerda, direita; e etc..

    A combinação pode ser qualquer uma, desde que respeite a realização de 3 passos.

    Geralmente temos dúvidas, pois parece que os jogadores fazem mais de 3 passadas, as vezes parecendo ser 4. Isso ocorre porque existe a “zerada”, ou seja, se o jogador pega a bola no ar e cai no chão com a posse da bola, não se conte essa queda como uma passada, sendo considerada “zero”.

    O duplo rítimo trifásico é uma combinação de dois trifásicos.

    Um jogador de handebol pode, ao pegar a bola, realizar livremente três passadas. Caso, após essas três passadas (trifásico) ele queira, ele pode quicar a bola no chão quantas vezes quiser (isso se chama drible) para continuar se deslocando. No entanto, após driblar, ele também pode realizar mais três passadas.

    Dessa forma, ele pode realizar um trifásico, driblar e realizar um novo trifásico, caracterizando, assim um duplo rítimo trifásico.

    Fui claro? Espero que sim, se tiver mais dúvidas é só perguntar.

    Até mais,

  15. Olá haylana,

    As punições do handebol são as seguintes:

    1. Cartão Amarelo – Dado a um jogador que realiza uma falta que na interpretação do árbitro é mais intensa;
    2. Dois Minutos – Essa punição deixa o jogador 2 minutos fora do jogo, podendo retornar logo após esses 2 minutos. Essa punição pode ser dada através de uma falta ainda mais intensa, realizada, por exemplo, em uma situação clara de gol que é impedida pela falta. Outra forma é receber a punição passível de cartão amarelo, porém, se a equipe já tiver recebido 3 cartões amarelos anteriormente, ela é punida por 2 minutos;
    3. Exclusão – A exclusão é recebida pelo jogador que recebeu numa partida 3 punições de 2 minutos;
    4. Desqualificação – Cartão vermelho, recebido por conduta anti-desportiva e faltas graves.

    Espero ter podido ajudá-la,

    Até mais,

  16. presiso dessa resposta hoje
    plix
    porque ñ achei em nenhum site!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  17. Olá Laila, tenha calma, ok? =)
    Dois dribles podem ser assinalados quando o jogador que está com a posse da bola ja utilizou o drible (quicar a bola), pára de driblar (segura a bola) e depois volta a driblar.

    Abraços,

  18. COMO É REALIZADO O PASSE E ARREMESO LATERAL? E TBM COMO SE REALIZA O PASSE RETO?
    POR FAVOR
    COM URGENCIA,
    GRATA
    LILI.

  19. Olá Alex, respondendo:

    – Sim, o gol de lateral é permitido pois, conforme a regra diz, ele deve ser cobrado com um pé sobre a linha. Logo, isso caracteriza que a bola mesmo antes da cobrança de lateral já é considerada estando “em jogo”.
    No futebol, por exemplo, a cobrança do lateral é dado com a bola vindo de fora do campo, logo não vale gol e no handebol, todas as ações do jogo são cobradas com a bola já “em jogo”, logo vale gol de todas as situações: lateral, tiros livres, tiro de meta, saida de meio de quadra e etc..

    – Sim, um goleiro pode cobrar faltas, haja visto que o goleiro é o jogador com o maior número de possibilidades de ação no jogo, pois além de ser o único a poder atuar em sua posição, também pode fazer toda e qualquer ação de jogadores de quadra.

    Abraços,

  20. senhor Lucas Leonardo: eu não achei nada sobre gol e duplo ritmo trifásico e o pior eh que o trabalho é para sexta…. por favor, eu preciso disso pq nos vamos ter que explicar como fazer isso… poderiam me ajudar??? eh para sexta e raramente minha mae vai me deixar entrar ma net para pegar a resposta…

    obrigada!

  21. so para avizar, EU QUERO AS RESPOSTA HOJE!!!

    POR FAVOR, NAO ME ACHE XATA….

    (EH Q A PROFESSORA DE ED. FÍSICA EH MUITO BRABA, E VAI FICAR….. SE EU N LEVARO TRABALHO, E O PIOR E QUE EU SOU A REPRESENTANTE DA SALA!!!!!)

    AÍ PEGARIA MAL, SABE…

    VALEUUUUUUUUUUUUU

  22. respondeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    plizzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    to prescisando urgenteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!!!!!!!!

    porfavor e um tra balho importante valendo 4.0 pntos

    quais sao e como sao feitos os passes no handebol?????????????

    brigado”!!! valeu!!!!!!!!!

  23. queria saber o fundamento de passe de ombro, passe lateral, drible, arremesso de pivô,arremesso de estrema e arremesso dos armadores??????????

  24. Olá Bruna e MC Biscoito!

    Essas perguntas são bem gerais e a resposta depende muito da linha de pensamento da pessoa que as responde.

    No meu caso, acredito que “fundamento” não pode ser conceituado….explicado, pois cada pessoa tem um jeito diferente de se adaptar a uma demanda do jogo.

    Logo, minha forma de passar ou arremessar a gol pode ser (e será) diferente da de vocês. Porém, se ambos conseguirmos atingir nossos objetivos, significa que tivemos uma boa resposta aos problemas.

    Abraços,

  25. Òi
    gostaria de saber se tem como vc me ajudar da seguinte forma eu estou fazendo um trabalho da faculdade onde eu terei de adapitar jogos para crianças criarem as regras sendo q é claro vou ajudalas .exemplo do q vou fazer dou um jogo de futsal pra elas na mesma hora aparecem 2 times masculinos,e as meninas naum participam entao se elas participam eu terei de ver com interragir com elas pq os meninos jogammas naum passam a bola paraas meninas.entao gostaria de um jogo onde eu conseguise por todos juntos!!!!
    sem ter problemas.abraços aguardo sua resposta.

  26. olá, bom preciso de regras básicas de nível escolar você pode me falar quais são?

    nao regras para adultos, e nem de campeonatos, somente para níveis escolares.

    obgado.

    e aHH quanto antes. agradeco.
    estou meio apertado com esse assunto

    mais uma vez obrigado

  27. Porfavor me diga oque é :
    Passe baixo:

    passe frontal picado;

    Passa frontal:

    Arremesso silples:

    Arremesso com queda para frente:

    arremesso com salto:

    Oque são fintas?
    Explique o inicio da partida de handeball:
    Descreva o manejo da bola de handeball:

    Porfavor respoda rapido
    plixxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
    Trabalho valendo nota!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Socorro!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ppppppppppppppppppppppppppppppppppppppp
    LLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL
    iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

  28. OI LUCAS , ESTOU FAZENDO UM TRABALHO NA FACULDADE SOBRE MANEJO DE BOLA OU DRIBLE E PASSE DE OMBRO É UM PLANO DE AULA PARA SER TRABALHADO COM CRIANÇAS DE 12 A 13 ANOS. VC PODE ME AJUDAR? ABRAÇOS

  29. OLA EU PRICISO DESABER COMO EU FAÇO PRA REALIZAR AS TRÊS PASSADAS ,MAS EU PRECISO PRA HOJE AGORA SER FOR PUCIVEL PORQUE E PRA UM TRABALHO NA ESCOLA

  30. Só pra ver se eu estou certa em meus resultados
    1)O que significa a palavra Handebol ?
    hand = mão e ball = bola

    3)Quais os principais fundamentos do Hadebol?
    4) Quais os tipos de passes podem ser realizado no Handebol?
    -Passe Frontal
    -Passe Baixo
    -Passe de Ombro
    -Passe Pronado
    -Passe Quicado
    5) Quais os tipos de Arremessos?
    Arremesso Alto
    Arremesso Acima do Ombro

    ta faltando alguma coisa ?

  31. olá,
    eu queria saber quais são os tipos de dribles do handebol?’
    será que é possivel me responder essa pergunta o mais rápido possivel, tenho um trabalho sobre isso, e não acho muito coisa!
    muito obriigada, estou aguardando.
    Abraços,

  32. gostaria que vc me fornecesse 5 jogos e3 brincadeiras de envolve handebol tipo,queimada so sei dessa,omis urgent eppro meu trabalho da faculdade

  33. De acordo com as minhas pesquisas o passe mais usado no Handball é o passe frontal, estou certa ?

    Se eu estivér certa, goataria que vc me dissé-se o porque do posicionamento dos jogadores nesse passe.
    Desde já Obrigada =)

    Obs: eu tenho uma prova amanhã, por favor me responda o mais rápido possíves. Mas uma vez agradeço =)

    1. Olá o passe mais comum no handebol é o “passe de ombro”.

      Ele é mais eficiente, pois possibilita maior leque de opções para resolver os problemas do jogo.

      Ele é eficiente quando o jogador está desmarcado, por ser muito preciso, garantindo passes com trajetórias diretas ao receptor; e também é eficiente quando está marcado (encaixado na defesa), pois o posicionamento do braço (afastado do troco e alinhado à cima do ombro), garante liberdade de movimento ao braço que está com a bola, garantindo possibilidade de continuidade da jogada mesmo quando marcado.

      Espero ter podido ajudá-la,

      Abraços,

  34. Geente eu queria saber sobre os driblees, arremessos, tipos de fintas e a finta com giro.
    Se puder me responder rapidamente =)
    Obgda. :*

  35. Gente…td blz?

    Eu quero saber o que são a proponha e descreva duas atividades de ensino das regras do Handebol para crianças…?

    Eu não sei fazer como respondido…

    Por favor, pode me digar isso!

    Obrigado!

    Um abraço!

  36. oi eu quero que auguem me explique sobre o ritmo trifásico porfavor e que isso e para um trabalho de fisica da minha escola e ai belesa me responde porfavor obj bjsssssssssssssssssssssssssss!

  37. nossa isso não explicou nada porq não tem nada ave eu tenho q estudar para prova e eu quero uma coisa q tenha as regras uma embaixo da outra e aqui te um monte de coisa escrita e eu perdi meu tempo com isso e não me explicou nada eu sou aluna e issso vai cair na prova e agora não da mais tempo de estudar ta OBRIGADA!

  38. oi,eu gostaria de saber o nome de duas cobranças do handebol.
    eu preciso dessa resposta agora mesmo por favor.obrigadaaaa

  39. Eu acredito que seja um tanto quanto equivocado culpabilizar os professores com relação ao não uso fruto da modalidade em sua plenitude, nas ruas, nas praças, e em quaisquer outros lugares informais. Eu compreendo que realmente há uma adesão maior do futsal, em detrimento da liberdade que se encontra em sua prática, porém, existem uma porção de fatores que fazem do futebol, uma modalidade mais acolhida pelas pessoas, como a midia, a supervalorização dos atletas da modalidade, o glamour e o status que permeiam mais especificamente este esporte. E como consequência, qualquer praça, clube, fundo de vila, tem uma quadra com as delimitações do futebol, linhas, traves, e o primeiro contato com os esportes acaba sendo por meio do futebol. Para o professor, cabe a tarefa de mostrar sim novas possibilidades, e nisso concordo contigo, construir com os alunos as regras é importante. O que não podemos e culpar mais uma vez o professor pelas mazelas da midia burguesa, e pelas condições materiais a quais são submetidos, lhes restando reproduzir somente o tradicionalismo do esporte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s