Iniciação ao Goleiro de Handebol – Jogos Pedagógicos

Volto a escrever sobre a iniciação ao goleiro do handebol. Meu último texto tratou da abordagem inicial com os goleiros através de atividades que variam desde atividades práticas até a conversas, compreensão das diferenças entre goleiros de handebol e futebol/futsal, tendo como pano de fundo a experiência vivida pelos jogadores iniciantes, que sempre trazem dúvidas e soluções para novos problemas – para ler o primeiro texto [clique aqui].

Hoje falaremos de outros aspectos relativos à especialização precoce que afeta diretamente o posto do goleiro do handebol

1. Quando especializar os goleiros? A iniciação é um bom espaço para esse tipo de preocupação?

Como venho destacando, o trabalho de iniciação pode ser feito com crianças e também com jovens, adultos e 3° idade, a final, iniciar algo não está relacionado com a idade, mas sim com o acesso possível àquele determinado conteúdo.

Acredito que em se tratando de iniciação, a especialização deve ser bastante questionada, por mais que essa especialização possa acelerar o processo de estruturação das aulas e da organização de uma equipe. Esse processo provoca também a centração da atenção no processo educativo em conteúdos diferentes para cada um que se encontra na iniciação, ou seja, o conhecimento é oferecido de forma parcial e específica a cada um, fazendo com que as experiências dos alunos não sejam semelhantes, inibindo as chances da inteligência do jogo ser apreendida.

Essa inibição justifica-se, pois, como dito anteriormente, o aluno passará a centrar sua atenção naquilo que lhe parece mais adequado para o “posto específico” que ele foi destinado.

Depois de algum tempo isso será um fato complicador para que o aluno saiba resolver os variados problemas do jogo.

Em se tratando de especialização do goleiro na iniciação a reflexão segue a mesma tendência, evitar essa especialização na iniciação – se pensarmos as palavras iniciar e especializar, podemos ver o quanto contraditório é especializar na iniciação.

2. Para ensinar o goleiro é necessário atividades específicas para ele? Mas em minha aula não tenho tempo para dar atenção especial ao aluno.

Ora, então a resposta já está dada. Não havendo tempo para atividades especializadas (o que infere em especialização precoce) devem ser desenvolvidas novas formas de estimular atividades pedagógicas para o goleiro de handebol, nas quais alguns alunos vivenciem elementos e estratégias básicas do goleiro e outros alunos vivenciem estratégias e elementos relativos à finalização a gol e estruturação do ataque, possibilitando, porém que todos – independente de nossas opiniões sobre a futura atuação do aluno como atleta de handebol – vivenciem estímulos que são básicos ao goleiro e estímulos que são básicos aos jogadores de linha.

Para exemplificar essas proposta, segue 3 jogos que podem ser muito úteis para a iniciação ao handebol, pensando nas atitudes do goleiro e também na resolução de problemas dos jogadores de linha.

Não deixe a bola passar!

Atividade semelhante à uma queimada, porém, ao invés de queimar os jogadores da quadra adversária o objetivo é fazer a bola chegar ao cemitério nas mãos de seus companheiros de equipe. Para isso a bola deve ser arremessada com pelo menos um quique no chão entre os jogadores oponentes que tentam não deixar a bola passar para o cemitério.

Uma boa forma de organizar esse jogo é dividindo os alunos em duas equipes dividindo os jogadores da mesma equipe em número igual para a linha e para o cemitério.

Caso se consiga o ponto, a posse de bola deve ser passada para a equipe que sofreu o ponto.

Deve-se enfatizar a valorização de que não deixar a bola passar não significa necessariamente segurar e agarrar a bola, para que ações com pés e o corpo também sejam valorizadas, para isso, cada vez que a bola for interceptada também pode ser considerado um ponto ocorrendo também a troca da posse de bola.

Estrutura da atividade:

nao-deixe-a-bola-passar-queimada-maluca.png

Jogo dos Espertos

Pedagogicamente, o jogo conhecido como “bobinho” vem sendo chamado por muito professores como o jogo do esperto, no qual todos devem ser espertos para conseguir jogar, seja o jogador que tem que tentar pegar a bola, seja os jogadores que tentam fazer a bola chegar de um lado ao outro.

Para fazer com que o jogo seja mais rico em estratégias, deve-se limitar a área de atuação do jogador que fica ao centro, tentando roubar a bola. Isso enriquece o jogo, pois esse limite fará com que o jogador do centro cria várias possibilidades para dissuadir os jogadores que fazer a bola passar de um lado ao outro – princípio para as fintas do goleiro do handebol.

Paralelamente, os jogadores que tentam fazer a bola passar, aprendem a enganar o jogador do centro, criando hábito de analisar o ato do arremesso, buscando a melhor forma de fazer a bola passar.

Depois de interceptar um determinado número de bolas, troca-se quem fica no centro.

Essa atividade estimula a livre atitude em interceptar a bola, desconstruindo a idéia de que somente as mãos é que podem defender.

Estrutura da atividade:

Jogo do Esperto

Proteja seus alvos

Nesta atividade, organizada em pequenos grupos de 4 pessoas, 3 jogadores tem como função tentar tocar a bola em 2 objetos que devem ser protegidos por 1 jogador.

Essa bola não pode ser lançada, apenas encostada no alvo, porém, este alvo também é protegido por uma área, na qual não se pode entrar sem bola.

Dessa forma, os 3 jogadores que tentam tocar o alvo, devem receber a bola de fora dessa área, só podendo deslocar para tocar o alvo caso receba a bola fora e se desloquem para dentro.

Para defender o alvo, o jogador defensor deve tocá-lo com qualquer parte do corpo, tornando o alvo neutro e não valendo os pontos.

Estrutura da atividade:

Projeta os Alvos - pedagogiadohandebol.wordpress.com

É possivel observar que se trata de atividades que trabalham princípios do jogo do goleiro, porém sem a necessidade de especializar uma aula toda para isso, ou até mesmo realizar com alunos específicos.

Trata-se, portanto, de uma possibilidade de abordar a aula estimulando que todos os alunos vivenciem ações que possuam a lógica e os princípios do jogo do goleiro de maneira bastante livre, valorizando descobertas e possibilitando o acesso a todos os alunos e jogadores envolvidos na aula.

Artigos Relacionados

  1. Iniciação ao Goleiro de Handebol – Jogando como Goleiros na Iniciação ao Handebol
Anúncios

14 comentários sobre “Iniciação ao Goleiro de Handebol – Jogos Pedagógicos

  1. muito legal.

    eu tenho 18 anos e tomo um pouquinho do meu tempo para fazer o que mas gosto que é jogar handebol

    BEAJJJJJJJJOS e PARABENS

  2. eu acho a iniciativa de criar um site especialmante voltada para o handebol muito legal pois estimula as pessoas a praticar e melhorar cada vez mais éssa pratica

    meu nome é leonardo tenho 13 anos e pratico handebol à proximadamente 3 anos.Mas somente esse ano que passei para o handebol de alto nivio,com varias competições marcadas , como o campeonato mineiro em agosto.

    a eu tambem tenho um irmão que pratica junto a mim ele tem 15 anos e joga a meu lado em todas as competições.

    brigado pela atenção! prometo deiXAR outros depoimentos

  3. Olá! Lucas Leonardo!

    Também sou professora e gostei muita das atividades.
    Vou colocá-las em prática com meus alunos nas aulas de Educação Física.
    Eu estava procurando atividades para treinar goleiro de futsal.
    Até agora não encontrei atividades práticas (é o que estou buscando). Só encontrei as suas.
    Parabéns!!!
    Sucesso!!!
    Marli.

  4. Tenho 13 anos e tenho tempo para minha paixão que é o handebol
    adoroo praticar hand
    mas como sou iniciante tenho algumas dificuldades que ja ta virando estratégias
    enfim eu amoo hand

  5. Adorei! O problema é que o nosso treinador é muito relaxado ;(

    Ele faz alguns lançes, tipo finta, cruzamento simples, mais ele não se interessa!! e aí, nos treinos, ele fica sentado, e nem ve se estamos fazendo certo ou não!! é bem chato e ninguém tem “coragem” de reclamar, ja fomos há jogos pra obter experiencia,é claro, perdemos!
    O geito é pesquisar na internet! e se esforçar! Nós alongamos e corremos em 30 minutos pra depois ir Há quadra, 3 vezes por semana, e isso ajudou bastante, eu comentei com o meu treinador, se o fato de eu ter 1 e 60, influencia muito em eu querer ser goleira. e eu quero muito, e eu tento treinar sozinha + não é muuito facil ;~

    Valeeu, abraço.

  6. IAE Leonardo
    minha paixao é pelo handebol
    eu sou pirvo no meu time nois ficamos em 4 lugar nos jogos escolares……
    na aula de educaçao fisica eu e meus colega faiz um amistoso na escola e eu mi amarro muito

  7. eu queria saber como eu posso defender o gol quando eu tenho medo da bola

    gostaria da orientação para defender com o pé a bola

  8. oi sou juliete nos tempos vagos faço o vicio qu é jogar handboll o meu treinador é um otimo treinador aprendo muito com ,handobol é minha vida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s