Sou professor de iniciação ao Handebol, e agora?

euLucas Leonardo é o coordenador do site http://www.pedagogiadohandebol.com.br e atua como consultor pedagógico de projetos esportivos em clubes, associações e prefeituras.

Quantas vezes em nossa carreira profissional não surgem novas oportunidades que as vezes deixamos escapar por falta de conhecimento e/ou de coragem de arriscar em uma área praticamente desconhecida?

Refletindo sobre nossa formação acadêmica, nós profissionais de educação física que tivemos um passado como atletas ou como praticantes assíduos de determinadas modalidades, quase sempre pendemos para dar mais atenção para modalidades esportivas às quais tivemos contato prévio, deixando sempre a desejar um pouco de atenção para aquelas modalidades às quais não tivemos contato ou não temos interesse em nossa época de formação.

Em algumas universidades e faculdades, por sinal, nós ainda quando graduandos ou recém chegados na vida acadêmica temos a possibilidade, inclusive, de escolher quais modalidades esportivas são de nosso interesse para termos aulas sobre estas, descartando literalmente a possibilidade de acesso às outras. Grande falha das instituições de ensino superior (IES), mas essa balisada pelo histórico de alunos que ao passarem por aulas de modalidades as quais não têm interesse real, geralmente não demonstram o menor esforço de aprendizagem do mínimo para saber ministrar aulas de diferentes modalidades esportivas.

Mas o mercado está aí, e não somos nós que o regulamos.

Este artigo vem para aqueles que, depois de uma formação profissional deficitária, seja pelo perfil da IES, seja pelo seu interesse naquela ou noutra disciplina, encaram a seguinte pergunta: Sou professor, tenho que ministrar aulas de handebol na iniciação, e agora?

Uma das saídas mais comuns para esse tipo de problema, quando a situação é aceita – a final, não conheço uma classe profissional mais “corajosa” para encarar novos desafios do que a nossa – é a busca de referências em livros técnicos de handebol e também livros de regras. Outra saída comum é buscar com algum conhecido que tenha sido atleta da modalidade dicas sobre o que ele fazia quando atleta para reproduzir tais atividades em nossas aulas da iniciação.

Essas alternativas mais tradicionais correm para um risco – tornar nossas aulas de iniciação de handebol um ambiente de TREINAMENTO DE HANDEBOL.

A busca desse tipo de referencial quase sempre decai sobre uma forma de ensino tradicional da modalidade, pautada em modelos competitivos e pouco adaptável à realidade de nossos alunos iniciantes na modalidade, transformando um ambiente de INICIAÇÃO em um ambiente que anseia por ESPECIALIZAÇÃO PRECOCE e RESULTADOS IMEDIATOS – nada mais contraditório!

Trago nesse artigo uma proposta metodológica, que apesar de buscar o conhecimento da modalidade em seus aspectos técnicos e também quanto às regras do jogo, tem como objetivo exatamente fazer com que através de adaptação desses elementos os alunos possam ter acesso à modalidade de maneira que os motive nas aulas, que possibilite a participação dos alunos através da maior inclusão possível de todos nas aulas e que balisem a atuação do professor em paradigmas diferentes daqueles do alto-rendimento.

Uma maneira de encontrar ferramentas de atuação como professor de handebol é apontada por Daolio (2002) em um artigo onde ele propõe o ensino dos jogos desportivos coletivos (JDC) a partir da compreensão de seus princípios. Os princípios dos JDC são, segundo Daolio baseado em Bayer (1992), descritos de acordo com as relações descritas no quadro abaixo:

Principio dos Jogos Desportivos Coletivos

A interpretação desse quadro deve ter como referência a posse de bola, nos levando à seguinte leitura:

Num jogo, a equipe que detém a posse de bola (atacante) deve manter sua posse, buscando avançar à meta adversária, visando marcar um ponto. Em contrapartida, quando a equipe em posse de bola tenta mantê-la, a equipe defensora deve buscar recuperá-la, evitando a progressão adversária à sua meta, que deve estar sempre protegida.

Podemos observar que esses seis princípios interagem entre si. Esses princípios são inerentes a qualquer JDC que possua a característica de disputa direta pela bola através da invasão do campo adversário. Estão nesse grupo, além do handebol, também o futebol, basquetebol, rugby, hóquei, etc..

Observando esse quadro e a relação desses princípios do jogo, podemos ter nele dicas importantes que agregadas ao conhecimento das regras da modalidade, nos permitirão desconstruir a necessidade de termos como referencial de ensino a abordagem competitiva do handebol.

O conhecimento de regras básicas da modalidade, tais como o trifásico, o duplo trifásico, a necessidade de cobrança dos laterais com um dos membros sobre a linha lateral, as possibilidades de utilização de goleiro como jogador de linha, o fato de não haver escanteio caso o goleiro espalme a bola pela linha de fundo e a existência de uma área restrita para os jogadores da linha, por exemplo, associado ao conhecimento dos Princípios que regem os JDC podem nos indicar um caminho sólido para a iniciação ao handebol.

Vejamos um exemplo de atividade que pode ser orientada a partir do conhecimento dos Princípios do Jogo e das regras do handebol a cima descritas:

Tendo como base as relações de progressão à meta pela equipe atacante e as ações contrárias da equipe defensora, podemos desenvolver uma atividade em espaço reduzido no qual o alvo, seja na realidade um “alvo-companheiro” móvel, ou seja, um jogador da equipe que ataca – facilitando o acesso ao alvo – protegido por uma área onde ninguém possa ter contato e limitado em seu deslocamento por uma área menor e interna à área maior, e disputado numa estrutura 3×3+”alvos-companheiros”

A estrutura da atividade poderia ser a seguinte, por exemplo:

Jogo Reduzido com área limitada 3×3
Fig 1. Estrutura da atividade disputada em 3×3 mais “alvo-companheiro”

Jogo Reduzido com área limitada 3×3 - Estrutura da Quadra Poliesportiva
Fig 2. Estrutura da atividade disputada em 3×3 mais “alvo-companheiro” organizada no espaço de uma quadra poliesportiva comum – 3 bolas e 24 alunos em atividade simultaneamente

Nessa atividade os jogadores da linha têm que entregar a bola para o “alvo-companheiro” sem poder, porém pisar na área do alvo, não valendo lançar a bola ao “alvo-companheiro”, que por sua vez, por ter um limite espacial onde possa se deslocar  possibiliatrá o estimulo dos jogadores da linha a saltar em progressão ao alvo. Cada jogador terá a chance de dar três passos com a bola ou ficar 3 segundos com a bola na mão sem movimento, não valendo quicar a bola (driblar).

Trata-se, portanto, de uma atividade baseada por regras específicas da modalidade, tais como as áreas limitando a ação dos jogadores de linha, a possibilidade do trifásico – pensando o aprendizado do trifásico, colocaremos como a única forma de deslocamento a realização das três passadas, visando concentração da atenção nessa forma de deslocamento – tendo como princípio regente da atividade a progressão da bola em direção ao alvo adversário.

Outras atividades podem ser pensadas a partir das relações dos princípios do jogo, tal como atividades de manutenção de posse de bola de uma equipe contra a tentativa de recuperar a posse de bola por outra equipe, na qual vale deslocar-se apenas sem bola, ou se com bola apenas driblando, em pequenas equipes de 4 ou 5 jogadores, e a cada 10 passes a equipe perde um jogador para a equipe que tenta recuperar a posse da bola;

Estrutura possível para essa atividade:

Jogo de Manutenção de Posse de Bola - Quadra Poliesportiva
Fig 3. Estrutura da atividade com base nos princípios de Manutenção e Recuperação da Posse de Bola

Atividades exclusivas de finalização ao alvo e defesa do alvo, no qual grupos de 3 jogadores devem realizar finalizações a gol de uma determinada região da quadra (pontas, armação esquerda – 1ª ou 2ª linha ofensiva) tendo que percorrer toda a extensão da quadra com apenas 2 passes ou menos, não podendo quicar a bola mas podendo apenas realizar o trifásico para deslocar-se, sem a presença de adversários de linha, tendo como adversários o limite de passes e também a presença de 3 goleiros fechando o gol – trio que atacou anteriormente que estará sendo exposto à situação em que o goleiro deve posicionar-se de forma a não deixar o goleiro que fica mais a frente cobrir a visão da bola, semelhante ao marcador que posiciona-se em defesa zona, fechando o máximo de espaço do atacante-finalizador – estimulando a busca de espaços vazios onde a bola possa ser colocada no gol para os atacantes

Estrutura possível:

Jogo de Finalizações com 2 passes contra 3 goleiros - Ponta Esquerda
Fig 4. Estrutura da atividade com base nos princípios de Finalização ao Alvo e Defesa do Alvo com 3 goleiros

É possível observar, portanto, que mesmo que nunca tenhamos tido contato com o handebol, basear-se nos princípios que regem os JDC e associando às regras da modalidade que determinam suas particularidades, pode-se ter uma fonte rica de criação de jogos que com uma pitada de criatividade nos leva a um universo de jogos que desconstruam a necessidade de ter como referencial o handebol competitivo, tornando possível aos alunos acesso aos princípios do handebol de forma gradual, estimulante e diversificada.

Se você se vir na seguinte situação: “Sou professor de iniciação ao Handebol” espero que com essas bases em vez de você pensar “e agora?” surja um sentimento de “vamos lá!”

Bibliografia

BAYER, Claude. La Enseñanza de los Juegos Deportivos Colectivos. 2. ed. Barcelona: Hispano Europea, 1992.

DAOLIO, Jocimar. Jogos esportivos coletivos: dos princípios operacionais aos gestos técnicos – modelo pendular a partir das idéias de Claude Bayer. In: Revista Brasileira de Ciência e Movimento, Brasília v.10, n.4, p.99-104, Outubro. 2002. [clique aqui]

Anúncios

33 comentários sobre “Sou professor de iniciação ao Handebol, e agora?

  1. Boa noite ,sou professor de educação física gostei do seu artigo e gostaria de saber se o senhor poderia me indicar um livro que me ajudasse a ministrar aulas de handebol e sobretudo tivesse a preocupação de ensinar por meios lúdicos .Pois tenho pouco tempo nesta modalidae más gostaria de ensinar bem os meus alunos.Desde já agradeço.

  2. olá, estou fazendo meu TCC na facul, e preciso de sugestões de livros sobre as etapas de ensino desta modadidade desde a iniciação até o alto nível de rendimento.
    se puder me ajudar, agradeço desde já!!!!!!!!
    obrigado.

  3. Olá, esquecí de falar, mas sou de Andradas/MG.
    Obrigado pelas indicações e logo entrarei em contato novamente.
    Abraço,

    Alisson Sales

  4. estou fazendo um trabalho de iniciação de handebol, para apresentar na faculdade!!

    estou precisando de figuras de atividades para a iniciação!!!

    obrigado!!

  5. Boa Noite..Sou academico e estou cursando meu ultimo semestre na universidade e estou muito interessado fazer meu tcc com tema Ensino Aprendizagem do handebol no metedo recreativo e ludico na escola, e queria pedir pra vc algum tipo de livro de ensino e aprendizagem relacionado ao meu tema do tcc.
    Desde de ja fico grato.

  6. como faço pra comecar a jogar handebol em clube???
    eu adoro handebol e tenho 16 anos,moro na zona norte se são paulo!!!por favor se tiver vaga ou se vc souber de algum clube q precisa de jogadora entre em contata comigo por favor!!!
    mto obrigado

  7. Ola vou começar a dar aulas de iniciaçao de handebol e queria q vc pudesse me dar dicas de aulas ludicas para inicio. Desde já grata

  8. Olá sou estudante de E.Fisica e estou começando a desenvolver um trabalho de handebol em uma escola de estou estágiando,porem não tenho nenhum material, nem uma quadra,gostaria de umas dicas.Desde já muito obrigado!!

  9. Olá amigos, sou acadêmico de Ed. Física e gostaria de algumas sugestões de como elaborar aulas de handebol. As turmas são de 5ª série (iniciação) e 8ª série (com pouca experiência). Que tipo de atividades poso realizar com essas turmas?

    Valeu galera!

  10. Gostaria de estar parabenizando pelo seu trabalho!!! Sou recem- formada em Edu. Fisica, atleta de handebol. Gostei da clareza e objetividade das suas explicaçoes…

  11. Olá Prof Lucas… parabéns pela pagina, um referencial extremamente completo, permitindo que mais profissionais tenham acesso ao conhecimento da modalidade assim, permitindo que os mesmos desenvolvam e ao mesmo tempo criem novas atividades.
    Abraço

  12. Olá já sou formado desde 2001, tive uma oportunidade de trabalhar com hand logo após o término da faculdade, acreditei e fui em frente, me aprimorei fui técnico por 5 anos e fui campeão junto com minha equipe em vários campeonatos, mas sempre tive dificuldade de achar livro com fundamentos aplicaveis, por isso solicito alguma dica. Sou de alegrete no rio grande do sul, mas trabalho em primavera do Leste-MT. abraços Lucas Prates

    1. Olá Lucas, tudo bem? Livros com o caráter que este site trata são raros de serem econtrados, pois geralmente os livres centram-se no ensino da técnica, das regras e em alguns casos, livros interessantes que tratam da lógica do jogo (seus aspectos táticos e estratégicos).
      No Brasil, sugiro que você procure por livros do Pablo Juan Greco (o livro iniciação esportiva universal não trata exclusivamente de handebol, mas é muito bom), e do Antônio Carlos Simões (Sobre Tática Defensiva no Handebol).
      Em breve, se tudo der certo, teremos novidades!
      Abraços,

  13. bem eu estou estudando e tenho 3 aulas de educação fisica por semana esse ano estamos aprendendo handebol, eu tenho muita dificudade já que ate hj so aprendi futebol e volei todo mundo diz que então eu deveria estar otima sou otima pra correr mas o problema é pingar a bola eu treinei basquete ano passado mas a bola era maior e não sei se é pela pratica mas parecia ser + leve o meu professor é legal + ele não lida com tecnicas mto normais ele outro dia deu a bola pra gente e falou joguem o jogo não tem regras mas não pode dar soco cotuvelada e nem jogar pessoas no chão então o jogo saiu uma bagunça um menino pulou em cima do outro e no final do jogo ele disse: “viu é por isso que é importante ter regras” e ele vai dar um trabalho amanhã porque os meninos conversaram d+ ele dividiu a sala em 6 grupos e disse que nos iamos tirar em 1 sorteio pra ver quem ia apresentar o trabalho e que ia escolher qual integrante do grupo iria apresentar e que se 1 tirasse 0 toda sala iria tirar 0 e ele não deu o conteudo mas eu ja entendi porque ele fez isso para nos esforçamos e aprendermos que se 1 erra todo mundo erra e para sermos + companheiros uns com os outros ele hoje colocou o menino mais bagunçento da sala para nos dar ordem acho que é pra ele entender como é dificil liderar 42 alunos e amanhã ele disse que nos vamos explicar a materia acho que pelo mesmo motivo mas eu não disse que eu entendi tudo o que ele fez pra ele poder ensinar aos outros meninos tambem aprendo + a cada dia e espero que seus artigos me ajudem porque do mesmo jeito que eu aprendi a nadar, a jogar futebol, a jogar volei a dançar a andar entre outras coisas porque não poss aprender handebol

  14. sou sandro faria aluno de educação fisica e tenho que fazer trabalho
    sobre brincadeiras ludicas de handebol gostaria de receber algumas brincadeiras para que possa treinar e apresentar na escola sem mais abraços

  15. por favor eu escrevo de angola, fui praticante federado durante 11 anos agora vivo numa outra provincia e quero fomentar o andebol na mesma mas pra isso preciso de umas dicas basicas para nao cometer muitos erros na formaçao de novos jogadores, por favor ajudem-me pois eu amo essa modalidade…..

  16. SOU ESTUDANTE DE EDUCAÇÃO FÍSICA, GOSTARIA QUE ME ENVIASSE MATERIAL DE HANDEBOL, POIS ESTOU INICIANDO ESTA MODALIDADE, NÂO SEI POR ONDE COMEÇAR. GRATO .

  17. estou me formando em educação fisica nesse ano de 2009, vou apresentar um tcc sobre a iniciação do handebol. teria como você me indicar alguns livros para mim dar inicio ao meu trabalho, pois estou com muita duvida. desde já agradeço.

  18. Gostária que me enviassem ideias de atividades quais tem a finalidade de trabalhar progressão com bola…
    obrigada…

  19. Oiiii td bem???
    Jogo handebol e faço faculdade de educação fisica,estou no 1°periodo.
    Estou trabalhando com iniciação de handebol e queria que vc me desse algumas dicas de aulas lúdicas e exercicios,se for possivel.

    Obrigada!!!!!

  20. OI gosta muito de handebol se vc poderia manda um dvd para mim pq aqui é muito caro. gostei muito das sua aula e já esto passando para os meu alunos que esta gostando das aulas que estão mais animadas.

  21. Olá, boa tarde. me chamo Messias, sou professor de Educação Física; estou iniciando um projeto com o Handebol voltado para alunos de 11 a 13 anos, visando a disputa de jogos escolares e outros eventos que por ventura venham a surgir. Só que estou sem material suficiente para dar inicio a este processo. Materiais do tipo atividades recreativas, lúdicas. Pois, já que estou trabalhando com crianças não quero esquecer o divertimento delas e ainda conseguir o objetivo maior que é formar uma equipe competitiva futuramente. Por favor se você poder, ficarei muito grato.

  22. Olá! hoje ao me deparar com esse site fiquei contente ao ler o o enunciado e “ouvir” aquilo que está acontecendo comigo. Bom acontece que sou um recém formado em educação física e tive a graça de no meu primeiro concurso do meu Estado eu ter sido aprovado em primeiro lugar. Essa é a parte boa da história, a parte triste é que sou em ex atleta profissional de futebol e como no artigo que li eu sempre dei valor primeiramente a essa modalidade, sem falar de ter vivido em uma época que a educação física se resumia somente em aulas de futsal. Acontece que com inicio do ano letivo gostaria de ministrar aulas de outras modalidades e sei que o handebol seria um excelente esporte a ser trabalhado com meus alunos, mas como sempre fui um exímio praticante do futebol confesso que estou receoso em começar o ano letivo pois não sei como trabalhar essa modalidade com eles. O artigo que li é bom, mas muito superficial e gostaria de ter algumas dicas de como fazer isso. Obrigado e caso possam me ajudar serei grato amigos..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s